02/08/2017 

As plantas são benéficas por diversos motivos.

Elas trazem leveza e composição estética aos ambientes. Causam sensação de bem estar, principalmente por que são capazes de melhorar a qualidade do ar e equilibrar a temperatura do ambiente. 

Este post é para quem quer estes benefícios em sua casa. Listamos 06 plantas que são capazes de melhorar o astral de qualquer ambiente e dão super certo para o cultivo em qualquer ambiente.

1. SUCULENTAS

Suculentas são plantas que armazenam água em quantidade muito maior comparado às plantas no geral. 

Existem milhares de espécies de plantas suculentas, classificadas em várias famílias. A maioria pertence as Cactáceas, Aizoáceas e Crasuláceas. 

 

Bastante fáceis de cuidar, elas costumam“avisar” do que precisam, basta prestar atenção aos detalhes. Se as folhas começarem a murchar, aumente gradativamente a quantidade de água; se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua. Se ela ficar fina e perder muitas folhas, não está recebendo a quantidade necessária de luz. O ideal é proporcionar pelo menos quatro horas diárias de sol para que elas sobrevivam com saúde.

2. ZAMIOCULCA

Pertencem a família das Aráceas. Resistentes e duráveis elas se adaptam muito bem a ambientes internos. A Zamioculca é um excelente curinga para corredores e locais com baixa luminosidade natural, onde outras plantas não sobreviveriam.

A espécie é tão resistente que continua exuberante mesmo em ambientes com ar condicionado. Mas, atenção com a quantidade de água:: é preferível deixá-la passar sede do que regar em excesso. Por se tratar de uma planta de crescimento lento, não exige podas. Periodicamente, deve-se retirar folhas murchas ou secas, para manter a harmonia do visual.

3. CICLANTO

Cyclanthus bipartitus Poit. Considera herbácea arbustiva, chega a mais de 1 metro de altura. 

Seu caule é quase inexistente, já suas folhas são exuberantes: grandes, largas e com aspecto amassado. Vai superbem em ambientes internos à meia-sombra e não precisa de vasos muito fundos.  A dica é escolher um recipiente de boca larga, com profundidade média - 50 cm está adequado.

 

A umidade é essencial para essa espécie. Uma boa dica é proteger o solo do vaso com casca de pínus, para diminuir a evaporação da água de regas.

zamioculcas

Descubra também

ciclanto

suculentas

maranta

4. MARANTAS

Pertence à família Marantaceae. As plantas podem alcançar até 50cm de altura. A folhagem é vistosa, brilhante com nervuras aparentes. As cores variam de acordo com a espécie, mas no geral são manchadas em tons de verdes, vermelhos ou creme. 

Suas raízes são tuberosas. Mante-as na sombra, regando-as dia sim dia não. No final do inverno também convêm fazer uma pequena poda de limpeza, apenas removendo folhas que vieram a morrer devido ao frio, para que assim a planta volte a se desenvolver livremente.

5. CACTO

Cactaceae, da família de Arbustos. Excelente escolha para que não tem tempo de cuidar de plantas. Existem em muitas variedades: 176 gêneros e 2273 espécies. Os ramos longos produzem folhas fotossintéticas e os caules curtos produzem folhas modificadas em espinhos.

Com ampla variação anatômica, os cactos gostam de muitas horar de luminosidade direta - quanto mais sol ele receber, mais robusto e vistoso. Exigem pouca água devido sua capacidade fisiológica de conservação. Quanto mais sol ele receber, mais robusto e vistoso. 

6. SAMABAIAS

Plantas vasculares que se reproduzem por esporos. A maioria possuem folhas com nervuras pinadas. Podem ser abertas e com pouca vegetação ou fechadas e espessas, mas seus cuidados e necessidades são praticamente os mesmos.

 

Em geral, as samambaias exigem poucos cuidados e são resistentes, mas requerem um pouco de manutenção para que possam crescer mais abundantemente. Aguenta sombra, meia-sombra, e vai bem em qualquer ambiente. Mantenha o solo úmido e corte as folhas mortas para que brote novamente

cacto

samambaias

  • Facebook
  • Instagram

Acesse Serras Altas nas redes sociais